terça-feira, 26 de julho de 2016

Guirlanda de suculentas

Recentemente mudei de casa e é claro que uma porta nova merece uma guirlanda novinha em folha.
Pesquisei vários modelos e encontrei algumas com vasinhos de barro no Pinterest (aliás perco horas lá).
Tem tudo o que eu gosto: vasinhos fofos e suculentas.
Como eu adorei a proposta, fiz um passo a passo para quem quiser uma neste estilo.


Passo a passo

Materiais
- Guirlanda de cipó
- Vasinhos de barro furados (já vi também com vasinho plástico colorido)
- Suculentas artificiais  (os vasinhos não eram furados na parte de baixo e como quero tudo pra ontem, preferi comprar essas que são parecidíssimas com as naturais)
- Plantinhas variadas
- Arame
- Musgo e cipó verde
Primeiramente posicionei os vasinhos no lugar que queria. Feito isso passei o arame para fixá-los.
Achei mais fácil puxar o arame com alicate, para ficar bem firme. Ah, não resisti e pintei algumas partes com spray cobre.
Depois de fixados passei alguns cipós naturais. Neste ponto achei que estava meio vazio ainda, então coloquei os vasinhos mini.
Depois foi só colar as suculentas e preencher com os musgos e plantinhas. Usei cola quente.
E olha que lindo ficou!

terça-feira, 19 de julho de 2016

Mochila para as férias

Como estou em férias este mês vários projetinhos devem aparecer por aqui.
Na semana passada fiquei na casa da minha mãe. Moramos em cidades diferentes, então quando vamos para lá tem programação completa todos os dias. 
Decidimos ir para algumas cidades vizinhas e a dupla dinâmica Felipe e Enrico junto.
Resolvi fazer uma mochila igual para eles, só com as iniciais e idade diferentes, com o que tinha em casa. 
O modelo é super fácil. Peguei um tutorial no Pinterest e deu certo de primeira!
Eles adoraram, principalmente o Enrico que é maior e já entende.

 Usei carimbo e tinta branca para as letras e números.

 Olha que lindezas <3


quinta-feira, 14 de julho de 2016

Chá de cozinha da Má

Este ano tem casamento na família! <3
Mas, antes do casório teve o chá de cozinha da Mariane!
Tudo feito com muito amor e carinho pela família. Desde a decoração até as comidinhas.
Como nas outras festas nossas, usamos quase tudo que tínhamos em casa (na verdade o maior “acervo” é da minha mãe). Além de ser mais prático e econômico, a festa tem mais significado. Ao longo do post vou explicando tudo direitinho. Vamos lá?
 Como era chá de cozinha os vasos foram subtituídos pelos bules e chaleiras vindos diretos da decoração da cozinha da minha mãe. Para colocar os doces usamos o aparelhos de jantar e chá da minha tia, sogra da noiva.  Esse trilho bordado de babar era da avó do noivo e compôs super bem a mesa.

 Este bolo foi feito por uma prima muito querida da Má. É aquele em que cada solteira puxa um fita e quem sai com a aliança será a próxima a casar. Por isso colocamos o Santo Antônio pertinho dele.
 Eles já fizeram um ensaio lindo com a Fer (facebook.com/fernandaferrarifotografia), então aproveitamos para fazer o varalzinho.
Optamos pelas lousinhas para identificar algumas comidinhas. Este doce ficou tão bom que merece um post só pra ele.
 Naked cake lindo e delicioso feito pela minha prima/comadre e cunhada da noiva.


 Os aromatizadores foram as lembrancinhas. Tudo feito pela noiva.
 Um pedacinho da mesa de comidinhas.
 Esse foi o centro de mesa que minha mãe fez. O que era uma lata de leite condensado virou esse arranjinho super fofo.
 Para dar mais charme a festa, gelos com flores <3. Mais uma ideia da minhã mãe <3
 Olha a noiva aí! Logo abaixo minha tia, que é a "sogra" e a mãe da Mariane.
Não ficou tudo lindo?
Já estou trabalhando na papelaria do casamento e os preparativos estão a mil por hora!.

domingo, 3 de julho de 2016

Aniversário em clima árabe

Na última sexta-feira o Jean, meu marido, fez aniversário e de uma semana para a outras resolvemos chamar a família para uma comemoração.
Como faz tempo que queremos fazer comidinhas árabes esse foi o cardápio. Tabule, homus, babaganoush, pão sírio, quibe, mix de castanhas e esfihas de carne, ricota e frango. Fiz algumas coisas e encomendei outras.
Não tenho quase nada ligado a este tema, então escolhi a paleta cinza/prata, vermelho e laranja com os itens meus mesmo. Usei minhas pashminas como toalha para o buffet e a mesa principal. Fiz algumas plaquinhas para identificar as comidas e acendi algumas velas (amo!).
Tudo bem íntimo e delicioso.





 A bandeja como apoio para pratos, talheres, copos e guardanapos.
 E a nossa família!

domingo, 15 de maio de 2016

Bolachinhas para o Dia das Mães

Na semana do dia das mães resolvi que faria alguma coisa, junto com o Felipe (que foi super coadjuvante), para ele dar para suas avós, bisavós e madrinhas. Gosto muito desses presentinhos mais afetivos. 
Acho feio ficar reclamando, mas estou trabalhando tanto que um projetinho gostoso como esse deixou minha semana bem melhor.
Optei por bolachinhas amanteigadas em uma embalagem bonitinha. Nunca tinha feito, mas uma amiga me emprestou a receita e de primeira deu certo.
O tema que escolhi foi coração. Sei que é super clichê para esta data, mas acho tão lindo...
Peguei uma coleção de papeis para scrapbook para fazer tanto a embalagem e tags + cortadores de coração para os biscoitos.
Tentei fazer um passo a passo. Vamos lá?


Usei esse cordão para arrematar. Ficou mais bonito do que fita de cetim convencional.
Junto com os biscotinhos o Chef Lipe!
Aqui está o nosso pequeno chef com 1 ano e 7 meses. Muitas e muitas tentativas até sair estas fotos.
Passo a passo
1. Como as bolachinhas são amanteigadas, o saquinho plástico é a melhor opção para acondicionar. Pelo tipo de embalagem que eu escolhi, o grampeador foi a melhor forma de fechar.
2. Como acho feio o grampo aparecer, usei essas tiras de papel com fita dupla face, além de ser uma forma de prender os saquinhos na embalagem

3. Depois de prontos colei na embalagem já cortada e com os vincos certos.
4. Arrematei com a tag do Lipe :)
 
5. Só esqueci de fotografar a embalagem de fora, mas vou tentar explicar aqui porque é bem simples. Cortei uma tira de papel de 25 cm x 10 cm. Fiz três marcas equivalentes às dobras, como aí em cima. Depois colei as bolachinhas e fiz os furos para colocar a tag.

Gostei muito dessa solução. É fácil de fazer e dá para usar em várias outras comemorações: lembrancinha de aniversário, chá de cozinha, etc.

quarta-feira, 30 de março de 2016

Mini wedding com muito charme

Esse final de semana fui a um mini wedding super especial.
A Thaís, a noiva, foi minha aluna do curso de Moda na faculdade. Conheci ela no primeiro semestre e a acompanhei até a banca do TCC (que participei com o maior orgulho! o grupo era ótimo e tiraram 10 com louvor).
Enfim, sendo uma aluna tão dedicada eu não poderia esperar que o casamento fosse diferente.
Em cada cantinho um detalhe, tudo feito com muito carinho pela noiva e seus fornecedores. Um mini wedding para ninguém botar defeito.
Uma das fofurices que mais me chamou atenção foi a embalagem do bem casado. Era de crochê!
Além de linda, combinou muito bem com o tipo de decoração e lugar. Uma solução ótima para quem tem uma vó ou alguém da família que sabe fazer.
Ah, as fotos profissionais (e lindas) são da Aloha e as mais escurinhas são minhas mesmo. A decoração incrível é da Edilayne Ferraz.



 Olha que lindo ficou na mesa!



























A Thaís encomendou esta embalagem. Quem quiser é só me falar que eu pergunto para ela :*